Gêmeos univitelinos e bivitelinos – Concepção, Gestação e Aparência

publicidade:

Tem dúvidas sobre quais são as diferenças entre gêmeos univitelinos e gêmeos bivitelinos, continue lendo o texto abaixo e descubra tudo sobre a gravidez múltipla.

As gestações em que são gerados mais de um bebê são conhecidas como gestações gemelares ou seja quando há mais de um feto sendo formado, estima-se que esse tipo de gestação ocorre a cada 1 a 2 % de todas as gestações naturais.

publicidade:

Vendo por esses números podemos dizer que não é qualquer um que pode ter gêmeos seja ele univitelino ou bivitelino, a não ser que já tenha casos de gestações gemelares na família.

publicidade:

Antigamente quando a tecnologia médica ainda não era tão avançada só era possível descobrir a gestação gemelar no momento do nascimento da criança, hoje em dia já nas primeiras semanas de gravidez através de ultrassonografia é possível detectar esse tipo de gestação.

 

Gêmeos univitelinos e bivitelinos

 

Conheça agora algumas das principais diferenças e semelhanças entre cada um dos tipos de gestações gemelares.

Gêmeos univitelinos

Em uma explicação simples a gestação univitelina ou monozigótica ocorre quando o espermatozoide fecunda o óvulo e se divide em dois, a primeira célula que se forma é dividida formando dois embriões.

Há casos em que a primeira célula se divide em até mais de duas partes formando três, quatro ou até mais gêmeos univitelinos.

Como são gerados a partir da mesma célula que se divide em suas, eles irão carregar o mesmo DNA, é como se fossem clones, terão o mesmo sexo, memos grupo sanguíneo, cor de cabelo e mesma aparência, a única coisa que se diferencia nesse tipo de gestação são suas digitais.

Gêmeos Bivitelinos

Uma mulher que goza de plena saúde física produz em seu ovário apenas 1 óvulo por mês, mas em alguns casos o ovário acaba liberando dois óvulos, que será fecundado por dois espermatozódes distintos, gerando assim os gêmeos bivitelinos ou dizigóticos.

Nesse caso como são gerados a partir de 2 DNA diferentes eles não compartilharão 100%, mas sim 50% do DNA, é como se fossem dois irmãos de gestações diferentes, não serão idênticos e pode ocorrer de serem do mesmo sexo ou não e também poderão ter tipos sanguíneos diferentes.

Além disso os gêmeos bivitelinos terão placentas e sacos amnióticos separados, esse tipo de gestação terá mais chance de ocorrer em casos onde antecedentes da mulher já tiveram gestações gemelares, ou seja é hereditário, diferentemente dos univitelinos.

Video aula de como são formados os gêmeos univitelinos ou monozigóticos e os gêmeos bivitelinos também conhecidos como ou dizigóticos ou fraternos;

Segundo os médicos qualquer gestação gemelar pode ser arriscada e necessita ser acompanhado de perto pelo obstetra, principalmente se ela for de gêmeos univitelinos onde pode ocorrer casos de má formação em um dos gêmeos, complicações no parto, morte de um dos gêmeos, dentre outras.

publicidade:

Todo o conteúdo deste artigo é meramente informativo. É ideal procurar seu obstetra caso ocorra gestação gemelar para indicar todo acompanhamento necessário.