O que corta o efeito do anticoncepcional, Previna-se

publicidade:

Amoxicilina, Nimesulida, Azitromicina, sibutramina, Antialérgicos, Anti-inflamatórios e antibióticos podem realmente cortar o efeito do anticoncepcional? Se essa é sua dúvida saiba que não está sozinho, milhares de mulheres pelo mundo afora compartilham da mesma dúvida, mas tentaremos sanar todas elas no artigo de hoje.

Desde que surgiu, a pílula anticoncepcional tem trazido um alívio a mais para as mulheres que não desejam engravidar, basta apenas uma pílula por dia para fazer a mágica acontecer, ou melhor não acontecer.

publicidade:

O que muita gente não sabe que certos tipos de medicamentos podem comprometer sua eficácia na prevenção, podendo deixar a mulher correr o risco de ter uma gravidez não desejada, e é por isso que é importante saber o que corta o efeito do anticoncepcional.

publicidade:

Amoxicilina, Nimesulida, Azitromicina, sibutramina, Antialérgicos, Anti-inflamatórios e antibióticos podem realmente cortar o efeito do anticoncepcional? Se essa é sua dúvida saiba que não está sozinho, milhares de mulheres pelo mundo afora compartilham da mesma dúvida, mas tentaremos sanar todas elas no artigo de hoje. Desde que surgiu, a pílula anticoncepcional tem trazido um alívio a mais para as mulheres que não desejam engravidar, basta apenas uma pílula por dia para fazer a mágica acontecer, ou melhor não acontecer. O que muita gente não sabe que certos tipos de medicamentos podem comprometer sua eficácia na prevenção, podendo deixar a mulher correr o risco de ter uma gravidez não desejada, e é por isso que é importante saber o que corta o efeito do anticoncepcional. Todos sabemos que as altas taxas de hormônio contidas nos anticoncepcionais podem causar problemas graves a saúde, e para minimizar esses problemas nos últimos anos as taxas de hormônio ficaram um pouco menores. Sabendo disso, qualquer situação que possa comprometer a capacidade de absorção do organismo poderá comprometer a eficácia das pílulas anticoncepcionais, levando ao risco da mulher ovular naquele mês, podendo consequentemente engravidar. O que corta o efeito do anticoncepcional Esquecimento: Como qualquer mulher que faz uso do anticoncepcional sabe, deve ser tomado 1 pílula por dia, se possível sempre no mesmo horário, e um dos motivos mais comuns que cortam seu efeito é o esquecimento, o simples fato de esquecer de tomar a pílula por 1 dia já será o suficiente para aumentar as chances de engravidar, por isso é sempre importante usar sempre mais de 1 método de prevenção. Vômito e diarreia: Talvez as mulheres podem não dar a devida atenção para esse fato, mas se alguns minutos ou horas após ingerir o anticoncepcional ocorrer qualquer uma das duas situações já poderá haver um comprometimento em sua eficácia. Certo tipos de medicamentos: Não são todos, mas alguns medicamentos de fato podem atrapalhar a absorção do anticoncepcional pelo organismo, portanto sempre que tiver que tomar algum tipo de medicamento sempre procure informações a respeito com seu médico, esse fato reforça a necessidade de sempre utilizar mais de um método de prevenção, seja ele a camisinha, a tabelinha para não engravidar ou outros. Veja uma lista de anti-inflamatórios mais comuns que não cortam o efeito do anticoncepcional. Torsilax Nimesulida Diclofenaco Ibuprofeno Dipirona Na bula dos medicamentos citados, não foram encontradas nenhuma informação que possa afirmar que esses medicamentos possam cortar o efeito do anticoncepcional. Remédios que cortam o efeito do anticoncepcional Alguns antibióticos, anticonvulsionantes, e antifúngicos podem comprometer a eficácia da pílula, portanto se estiver fazendo uso de qualquer um desses remédios, lembre-se de utilizar mais de 1 método contraceptivo, assim ficará longe das chances de engravidar. Lista de medicamentos que cortam o efeito do anticoncepcional Antibióticos Amoxacilina; Ampicilina; Ácido clavulânico; Ciclacilina; Cloranfenicol; Dapsona; Doxicilina; Eritromicina; Metronidazol; Oxacilina,; Rifampincina; Tetraciclina. Anticonvulsionantes Carbamazepina; Fenobarbital; Fenitoín; Oxcarbazepina; Primidona; Topiramato. Antifúngicos Griseofulvina Diuréticos Espironolactona As dicas encontradas aqui são meramente informativas, portando para qualquer dúvida é sempre recomendado procurar por um médico para que ele possa sanar quaisquer dúvidas, saiba que não temos a capacidade de receitar nenhum tipo de medicamento, diagnóstico ou tratamento. As informações encontrada aqui foram obtidas através do seguinte site: umcomo.com.br

Todos sabemos que as altas taxas de hormônio contidas nos anticoncepcionais podem causar problemas graves a saúde, e para minimizar esses problemas nos últimos anos as taxas de hormônio ficaram um pouco menores.

Sabendo disso, qualquer situação que possa comprometer a capacidade de absorção do organismo poderá comprometer a eficácia das pílulas anticoncepcionais, levando ao risco da mulher ovular naquele mês, podendo consequentemente engravidar.

O que corta o efeito do anticoncepcional

Esquecimento: Como qualquer mulher que faz uso do anticoncepcional sabe, deve ser tomado 1 pílula por dia, se possível sempre no mesmo horário, e um dos motivos mais comuns que cortam seu efeito é o esquecimento, o simples fato de esquecer de tomar a pílula por 1 dia já será o suficiente para aumentar as chances de engravidar, por isso é sempre importante usar sempre mais de 1 método de prevenção.

Vômito e diarreia: Talvez as mulheres podem não dar a devida atenção para esse fato, mas se alguns minutos ou horas após ingerir o anticoncepcional ocorrer qualquer uma das duas situações já poderá haver um comprometimento em sua eficácia.

Certo tipos de medicamentos: Não são todos, mas alguns medicamentos de fato podem atrapalhar a absorção do anticoncepcional pelo organismo, portanto sempre que tiver que tomar algum tipo de medicamento sempre procure informações a respeito com seu médico, esse fato reforça a necessidade de sempre utilizar mais de um método de prevenção, seja ele a camisinha, a tabelinha para não engravidar ou outros.

Veja uma lista de anti-inflamatórios mais comuns que não cortam o efeito do anticoncepcional.

  • Torsilax
  • Nimesulida
  • Diclofenaco
  • Ibuprofeno
  • Dipirona

Na bula dos medicamentos citados, não foram encontradas nenhuma informação que possa afirmar que esses medicamentos possam cortar o efeito do anticoncepcional.

Remédios que cortam o efeito do anticoncepcional

Alguns antibióticos, anticonvulsionantes, e antifúngicos podem comprometer a eficácia da pílula, portanto se estiver fazendo uso de qualquer um desses remédios, lembre-se de utilizar mais de 1 método contraceptivo, assim ficará longe das chances de engravidar.

Lista de medicamentos que cortam o efeito do anticoncepcional

Antibióticos

  • Amoxacilina;
  • Ampicilina;
  • Ácido clavulânico;
  • Ciclacilina;
  • Cloranfenicol;
  • Dapsona;
  • Doxicilina;
  • Eritromicina;
  • Metronidazol;
  • Oxacilina,;
  • Rifampincina;
  • Tetraciclina.

Anticonvulsionantes

  • Carbamazepina;
  • Fenobarbital;
  • Fenitoín;
  • Oxcarbazepina;
  • Primidona;
  • Topiramato.

Antifúngicos

  • Griseofulvina

Diuréticos

  • Espironolactona

As dicas encontradas aqui são meramente informativas, portando para qualquer dúvida é sempre recomendado procurar por um médico para que ele possa sanar quaisquer dúvidas, saiba que não temos a capacidade de receitar nenhum tipo de medicamento, diagnóstico ou tratamento.

As informações encontrada aqui foram obtidas através do seguinte site:

publicidade:

umcomo.com.br